As Mães Escuras, por Poderes do Feminino

Bailarina e Terapeuta

As Mães Escuras, por Poderes do Feminino

Estamos precisando das deusas escuras, das deusas viscerais
Estamos precisando do exército das deusas ferozes
Que se juntem a nós e que abalem os céus e as terras com sua força com seu fogo com sua Shakti!
Que venha Kali Ma!
Que venham as Eríneas!
Que venha Lilith!
Que venha Oyá!
Que venha Morrigan!
Que venha Freyja!
Que venha Hécate!

Que venham todas as deusas pois o feminino e as mulheres não aguentam mais serem violadas, abusadas, humilhadas, oprimidas e ofendidas nesta vida como já foram em tantas outras vidas!

Que venham todas as deusas da justiça, da visceralidade e do destemor feminino munidas da força que abala os céus e que destrói as injustiças!

Chega! Basta! Não aceitamos mais!

Que venha Durga!
Que venha Ártemis!
Que venha Macha!
Que venham as forças nativas, dos elementos e de toda a natureza feminina para intervir por nós.

Nós não aguentamos mais. Não temos um dia de paz! Nós exigimos nosso respeito, nossa dignidade e nossa sanidade de volta!

Que venha Athena!
Que venha Sekhmet!

E que todas as deusas e todas as mulheres se unam de uma vez por todas com o rugido, o grunhido e a ferocidade das deusas, para dar um

BASTA!

Assim seja!
Assim é!
Está selado e decretado!

Texto de Devishala